Academia de Arte Marcial em São Caetano

Para facilitar sua busca o Encontra São Paulo selecionou academias de artes marciais na cidade de São Caetano e região com telefones e endereço dos locais que oferecem karatê, judô, muay thay, mma, kung-fu entre outras lutas na cidade de São Caetano.

Somos muito exigentes para oferecer um conteúdo de qualidade para você morador de SCS.
Desde 2008, somente permitimos academia de arte marcial em São Caetano e que esteja localizada na região da cidade (raio 15km).

Academia de Kung Fu e Muay Thai
Rua Manoel Augusto Ferreirinha, 423 - São Caetano - São Paulo
(11) 4232-5802
Agilis Academia
Rua São Paulo, 1370 - São Caetano - São Paulo
(11) 4228-1407
Associação Tan Lan Kung Fu Shao Lin
Rua Baraldi, 1005 - São Caetano - São Paulo
(11) 4221-3456
Peng Lai São Caetano
Arte Marcial Tradicional Chinesa, Kung Fu Estilo Louva-a-Deus.
Rua Boa Vista, 313 - Bairro: Boa Vista - São Caetano do Sul - SP - CEP: 09572-300
Site: www.facebook.com/penglaiscs
E-mail: saocaetano@penglai.com.br
(11) 2877-8138 / 9.9459-8013

SHINKAI DOJO
Rua Luiz Lousa, 170 - Bairro: Centro - São Caetano do Sul - SP - CEP: 09540-430
(11) 4228-2638
Encontre também Artes Marciais no ABCD:

» Artes Marciais em Santo André
» Artes Marciais em São Bernardo
» Artes Marciais em Diadema

Artes Marciais - Budô E Bushidô

BUDÔ E BUSHIDÔ
"Bushidô" (ao pé da letra, caminho ético do samurai) é definido de várias maneiras, mas parece que a definição mais aceita consiste em considerá-lo um conjunto de leis consuetudinárias, que orienta a vida e a conduta dos antigos guerreiros do Japão.

Os principais preceitos éticos da classe samurai (ou seja, da filosofia do "bushidô") são os seguintes:

Retidão ou Justiça: Eis o mais convincente preceito moral do código dos samurais. Um samurai define assim a retidão: "é o poder de decidir sem hesitação sobre o curso certo de conduta, de acordo com a razão - morrer quando é direito morrer, golpear quando é justo matar". Outro guerreiro explica: "Retidão é a espinha dorsal que nos dá firmeza e estatura. Assim como sem a espinha dorsal a cabeça não pode permanecer sobre o tronco, nem as mãos se movimentarem, nem as pernas se manterem firmes, também sem retidão, nem mesmo muito talento e muito saber podem fazer de uma estrutura humana um samurai".

Giri: Palavra que significa "razão correta, justa ou dever", pura e simplesmente, o senso de justiça e dever. Fala-se de giri que se deve aos pais, aos superiores, aos inferiores, aos parentes e amigos, à sociedade em geral. Dentro do conceito de giri, quem recebe um favor ou benefício, de alguém ou alguma entidade, está na obrigação de retribuir.

Coragem: Inseparável da condição de samurai. Espírito de ousadia e paciência. Sempre a favor da justiça e retidão.

Benevolência: Podemos citar uma expressão bastante significativa: "bushi no nasake" - quer dizer simpatia ou compaixão de samurai. A generosidade ou benevolência para com o fraco e o vencido constitui virtude muito apreciada pelo samurai.

Polidez: Cortesia, uma qualidade muito cultivada pela classe guerreira.

Veracidade e sinceridade: Outra expressão bastante conhecida para este caso: "bushi no ichigon" - a palavra do samurai. A mentira e a falsidade não são condenadas como pecados, mas simplesmente denunciadas como sinal de fraqueza de caráter e, portanto profundamente desonrosas para um guerreiro. Aliás, a noção de vergonha ("haji") forma um fundo moral característico da cultura do povo japonês.

Honra: O senso de honra, implicando viva consciência da dignidade e valor pessoais, não pode faltar como qualidade do samurai. Na (nome), menmoku ou menboku (cara, face, dignidade, reputação), gaibun ou guaibun (reputação) constitui fontes de permanente preocupação íntima do samurai.
Dever e lealdade: Assume suprema importância no código de conduta dos guerreiros, na sua relação com seus superiores.

Autocontrole: A disciplina de autocontrole pessoal representa outra importante qualidade do samurai.
O Zen Budismo influenciou fortemente as artes marciais japonesas Gichin Funakoshi, que comungava com as idéias de seu amigo Jigoro Kano (criador do Judô) que as artes marciais deveriam conter valores morais e espirituais importantes para o desenvolvimento pessoal, bem como dispor de um treinamento de forte valor à saúde e bem estar de quem o praticasse. Funakoshi escreveu certa vez: "Como a face polida de um lago reflete tudo e completamente o quanto está a seu redor, vales montanhas, um estudante de Karatê deverá manter-se livre do egoísmo, maldade, isto quer dizer Kara, ou vazio em Karatê".

É muito difícil compreender amplamente tudo relacionado a cultura japonesa. Para entender o Karatê é necessário apreciar o espírito dos Samurais, que motiva muitos e muitos importantes Karatecas em todo o mundo. Para os ocidentais, no entanto, esta compreensão torna-se mais difícil ainda, e às vezes até impossível, muito dos ocidentais o tratam unicamente como um método de combate e autodefesa e somente estão conscientes de modo vago, o que poderíamos chamar de filosofia implícita.

Os guerreiros Samurais antes de entrar em combate deveriam dizer seus nomes e os dos ancestrais e seus atos de heroísmo, e mantinham uma estrutura hierárquica de classe rígida e estrita ao código de ética, este código foi conhecido no Japão como Bushido, que traduzindo literalmente quer dizer "Modos de Cavaleiros Militares", o código de conduta apropriado para guerreiros cavaleiros, para viver de acordo com este código, um Samurai deveria ser valioso, honorável, motivado por um desejo de atuar com retidão e justiça, deveria ser misericordioso, feroz, cortês, leal, possuidor de um grande domínio de si mesmo e capaz de auto-sacrifício. Enfatizando, o Bushido era uma virtude militar de bravura, e é inevitável requerer maiores discussões, e de modo preciso está ligado à virtude da honra, que ainda hoje é uma poderosa força motivadora no Japão moderno.

Esse propósito de "antiviolência" pode ser muito bem expresso através do seguinte ensinamento:
“Se o adversário é inferior a ti, ·então por que brigar?”.
Se o adversário é superior a ti,
então por que brigar?
Se o adversário é igual a ti,
compreenderá,
o que tu compreendes...
Então não haverá luta.
Honra não é orgulho,
é consciência real do que se possui“.

A filosofia do Budô sempre deu muita importância à percepção e à sensibilidade, uma vez que as técnicas que nela se baseiam, visam essencialmente:
À conquista da estabilidade e da autoconfiança, através de treino rigoroso e vida disciplinada;
Ao desenvolvimento da intuição, no sentido de perceber o ataque do adversário antes mesmo do início do seu movimento e da capacidade de analisar o adversário, para prevenir-se contra surpresas;
À formação de hábitos de saúde, como o uso da meditação Zen e a respiração com o diafragma.



Como escolher a melhor empresa ou profissional autônomo?

Quero uma boa indicação? Quanto custa esse produto? Qual o comércio no bairro?
Qual o valor do produto ou serviço? Quais os principais tipos?

Geralmente essas são as dúvidas mais comuns de quem procura um profissional ou empresa. Responder a todas as perguntas acima é algo subjetivo, amplo e complexo pois o ideal é você conhecer ou experimentar, fazer um teste no atendimento, etc.
Diante do surgimento de diversas empresas ou profissionais, torna-se cada vez mais importante o olhar consciente e crítico para sua escolha. Antes de assinar algum contrato ou enviar pagamentos, é recomendável verificar a confiabilidade da empresa em redes sociais ou em fóruns de sites especializados.

8 dicas para você escolher um profissional ou empresa:

1. CNPJ - Verifique se a empresa possui CNPJ ou registro profissional da classe.
2. Sede - A empresa tem uma sede fixa de fácil acesso?
3. Atendimento - Qual é a estrutura de atendimento, telefones para contato, site, e-mail?
4. Preço Justo - Não necessariamente preço baixo – preços baixos demais como na maioria
    das relações de consumo evidenciam produtos de qualidade questionável.
5. Contrato - exija sempre um contrato de prestação de serviços completo;
    ele é a garantia de que você receberá o serviço ou produto pelo qual você pagou.
6. Nota Fiscal - Ao pagar qualquer empresa ou profissional autônomo exija a nota fiscal.
7. Conheça - Procure conhecer pessoalmente as empresas próximas de seu endereço residencial
    ou visite as ruas onde estão localizadas as empresas.
8. Avalie - Aqui você pode ver uma lista de locais em diversos bairros vizinhos.
    Leia os comentários recentes de quem visitou ou utilizou algumas destas empresas.

  Sobre o EncontraSãoCaetano
Fale com EncontraSãoCaetano
Anuncie no EncontraSãoCaetano
Cadastre sua Empresa no EncontraSãoCaetano (grátis)



Termos EncontraSãoCaetano | Privacidade EncontraSãoCaetano


Bandeira de São Caetano